Informação de Qualidade para toda a população!

sábado, 14 de novembro de 2020

Cura do câncer: Vacina de Harvard é 100% eficaz em animais



Uma vacina contra o câncer desenvolvida pela universidade americana de Harvard é baseada no poder matador de células cancerígenas da quimeoterapia e na eficácia duradoura da imunoterapia.

A vacina contra o câncer baseada em biomaterial desenvolvida pelos cientistas foi apresentada em um estudo publicado na Nature Communications. Segundo o coautor do estudo, Hua Wang, a pesquisa teve 100% de sucesso em camundongos com câncer de mama triplo negativo.

De acordo com Wang, o câncer de mama triplo negativo não estimula respostas fortes o suficiente do sistema imunológico, o que faz com que as imunoterapias existentes não consigam combatê-lo, ao mesmo tempo que a quimioterapia “produz um número grande de células cancerígenas mortas”, que o mesmo sistema imunológico pode detectar e formar um tumor como resposta.

Então, a vacina seria o melhor dos dois mundos justamente por ter uma abordagem menos agressiva. A vacina contra o câncer começou a ser desenvolvida em 2009 e, desde então, tem se mostrado promissora para o tratamento de diversas variações da doença em camundongos, sendo inclusive testada em casos de melanoma no Dana Farber Cancer Institute, nos EUA.

Com a formulação original da vacina, as moléculas encontradas em diversas células cancerígenas chamadas de antígenos associados a tumores (TAAs, na sigla em inglês), foram incorporadas dentro de um pequeno espaço do tamanho de uma aspirina para que as células dendríticas (que protegem o corpo de invasores, tanto exteriores quanto internos) conseguissem reconhecê-los rapidamente como algo estrangeiro ao corpo humano, criando uma resposta imune para lutar contra o tumor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário