Informação de Qualidade para toda a população!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

Quer alisar o cabelo? Conheça as opções disponíveis no mercado e suas vantagens



Pretende alisar o cabelo? Antes de qualquer coisa é importante consultar um cabeleireiro de confiança, porque esse profissional vai fazer o teste de mecha corretamente e indicar a melhor procedimento para o seu tipo de cabelo. Esse cuidado vai evitar possíveis alergias e manter a saúde dos fios. 

Para que você entenda um pouco mais sobre as opções disponíveis no mercado, a All Things Hair, canal de cabelos da Unilever, listou os alisamentos mais comuns nos salões de beleza. Confira: 

Progressiva com formol: ela é indicada para quem quer um resultado mais duradouro. Além disso, a progressiva ajuda no controle do volume e/ou do frizz. 

A fórmula age somente na cutícula (parte externa do fio), encapsulando a fibra capilar e, desse modo, camuflando o formato cacheado. Não muda a estrutura interna do fio. Para garantir um liso completo, o procedimento deve ser refeito, em média, a cada 60 dias.

“Para um resultado mais natural, o produto pode ser aplicado somente nas partes do cabelo que mais incomodam a mulher, geralmente a nuca e o contorno do rosto”, aconselha o hairstylist Eron Araújo, de São Paulo.

Escova inteligente: o procedimento também tem formol. O diferencial é a presença da queratina líquida na composição, que ajuda na hidratação e selagem dos fios, além de diminuir o frizz e evitar as pontas duplas. O processo vai perdendo o efeito depois de um mês.

Escova marroquina: argila branca, óleo de cacau do Marrocos e formol fazem parte da sua composição. O procedimento tem  resultados similares ao da escova inteligente, já que alisa e hidrata ao mesmo tempo. Como na anterior, tem duração menor e menos efeito em cabelos muito encaracolados.

Escova definitiva ou japonesa: é indicado por quem deseja ter um cabelo liso estilo asiático. A fórmula possui o composto tioglicolato de amônia, que age de dentro para fora – diferentemente da escova progressiva tradicional – , alterando a estrutura interna dos fios. O efeito é permanente e só precisa ser refeito a cada 90 dias, conforme a raiz vai crescendo.

Progressiva orgânica: não tem formal em sua fórmula e conta com ácidos, como o acético, para fazer o alisamento. O ácido atua alisando‐a temporariamente. Não é muito indicado para quem tem cabelo muito cacheados ou afro. O procedimento deve ser refeito a cada 90 dias. 

Progressiva de chuveiro: a técnica consiste no uso de um produto, que não tem formol na composição, durante o banho. O resultado é temporário, pode durar entre uma e duas semanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário