Informação de Qualidade para toda a população!

sábado, 19 de dezembro de 2020

Termine 2020 de nome limpo: Campanha de renegociação de dívidas da Caixa oferece descontos de até 90% neste mês



A Caixa Econômica Federal oferece uma última oportunidade para quem está com o nome sujo quitar suas dívidas ainda em 2020 e recuperar o crédito no mercado. A campanha de renegociação Você no Azul garante descontos de até 90% sobre os débitos até o final deste mês.

A iniciativa tem o objetivo de alcançar cerca de 3 milhões de pessoas físicas que estão inadimplentes. O banco estima que mais de 50% desse público-alvo possui dívidas vencidas no valor de até R$ 3 mil. Neste caso, dependendo do período de atraso da conta e da modalidade de crédito contratada, as dívidas poderão ser renegociadas por R$ 50 em média.

Como renegociar dívidas na Caixa?

A renegociação de dívidas em atraso pela Caixa poderá ser feita pela internet ou por telefone. Para isso, basta entrar em contato nos seguintes canais de atendimento:

  1. Site da Caixa;
  2. Redes sociais da Caixa (Twitter e Messenger, do Facebook);
  3. Central de atendimento: 0800 726 8068, opção 8;
  4. WhatsApp: 0800 726 0104, opção 3.
  5. No caso de consumidores inadimplentes cujas dívidas não ultrapassem o valor de R$ 2 mil, a renegociação também poderá ser feita presencialmente, em qualquer agência Caixa ou nas casas lotéricas.

Caminhão da adimplência

Outra opção para quem precisa limpar o nome é buscar um dos caminhões da adimplência da Caixa. As unidades móveis foram disponibilizadas para facilitar ainda mais o acesso à campanha e reforçar o atendimento ao público que pretende quitar suas dívidas.

Ao todo, cinco caminhões-agência irão percorrer todas as regiões do país. Após as renegociações, que poderão ser feitas até 31 de dezembro, o nome do cidadão será removido das listas dos birôs de proteção ao crédito, tais como o SPC, Serasa e Boa Vista.

Para consultar a rota do caminhão e as datas e horários de atendimento em cada cidade, basta acessar o site da Caixa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário