Informação de Qualidade para toda a população!

sábado, 24 de abril de 2021

Como evitar dor na lombar durante home office e realização de exercícios em casa



A mudança de hábitos na pandemia afastou alunos das academias e obrigou muita gente a iniciar uma rotina de exercícios físicos em casa, quase sempre, por conta própria. É fato que a atividade física regular ganhou uma nova dimensão em tempos de distanciamento social, até pelos benefícios que traz para a saúde mental das pessoas no isolamento forçado. É certo também, que a prática de qualquer exercício deve ser orientada por um profissional e com a devida avaliação médica.

Mas a moda de fazer atividade física em casa pegou. Com o impulso das redes sociais, famosos passaram a fazer lives se exercitando para os seguidores, profissionais de educação física começaram a apresentar uma série de conteúdos on-line e, até, meros curiosos resolveram compartilhar exercícios que podem ser feitos em qualquer lugar, "eu não aconselho que os meus pacientes façam atividades físicas que são ensinadas nos vídeos, por causa do risco de algum tipo de lesão", avalia o ortopedista Rogério Vidal, especialista em tratamentos de coluna.

O médico ressalta que sem o acompanhamento individual, qualquer descuido pode trazer sérias consequências, especialmente lesões ósseas e musculares, e a estrutura do corpo mais sensível a problemas desse tipo é a coluna vertebral. "Atividade física é algo fundamental, todo mundo tem que fazer. 100% das pessoas precisam fazer, mesmo que exista algum problema associado. Mas é essencial que o tipo de atividade física seja ajustado às limitações de cada pessoa. Quem tem algum problema na coluna, por exemplo, precisa ter um reforço da musculatura e manter uma postura correta durante a atividade para evitar uma lesão", explica Rogério Vidal.

Exercícios com planejamento

Antes de começar a "se matar" com uma rotina de exercícios em casa ou mesmo ao ar livre, na rua com a devida proteção, é preciso reconhecer as próprias limitações e proteger as áreas do corpo que estão mais propensas às lesões. "Uma pessoa que sente dor nas costas não pode iniciar uma atividade de peso sem fazer uma avaliação médica para saber qual é o tipo de tratamento físico que seu corpo pode suportar naquele determinado momento", acrescenta.

O home office e a coluna

Além dos exercícios físicos em casa na quarentena, uma outra atividade tem sido motivo de preocupação para a dor lombar, o trabalho em casa - o já conhecido home office, que pode ter chegado para ficar. Se por um lado há ganhos adicionais com o trabalho remoto, nem sempre são tomadas as devidas precauções com a ergonomia. Ficar horas, sentado ou deitado, na cama trabalhando na frente do computador ou mesmo usando aquela cadeira em casa não é recomendável para quem não quer sofrer as consequências de uma eventual dor na coluna.

O Dr. Rogério Vidal conta que na pandemia tem recebido no seu consultório pacientes que reclamam de dores na lombar e na cervical, por causa da postura durante o trabalho remoto, em que ficam horas numa mesma posição. "Um pouco depois que a pandemia começou, eu percebi que houve um aumento de pacientes com dores na lombar e cervical, por causa da postura que eles adotaram devido ao trabalho em casa. O que acontece é que muitos pacientes sentavam no sofá com o laptop no colo e ficavam ali trabalhando por 8 ou 10 horas, porque as pessoas em casa acabam trabalhando muito mais do que no próprio escritório".

5 dicas para preservar a coluna

Se o trabalho remoto pode se tornar uma tendência, mesmo após a pandemia, é preciso começar logo a se adaptar e investir numa estrutura de trabalho dentro de casa. Mobiliário ergonômico, adoção de hábitos rígidos de postura e de cuidados simples ao longo do dia de trabalho. O Dr. Rogério Vidal lista 5 cuidados que podem fazer diferença para a saúde da coluna:

1- É fundamental que as pessoas que estejam trabalhando em casa fiquem de pé a cada hora, uns cinco minutos de movimentação já são suficientes.

2- A cadeira ideal é aquela com encosto alto que permita aos joelhos formarem um ângulo de 90º. Caso necessário, um apoio para os pés e uma almofada para as costas resolve o problema.

3- Ao falar ao telefone, nada de apoiar o aparelho entre o ombro e o pescoço, o telefone deve ficar o tempo todo apoiado pela mão.

4- O movimento simples de abrir e fechar as mãos pode melhorar a circulação no membro superior, o que acaba melhorando todo o retorno do sangue até a posição da coluna cervical.

5- Realizar alongamentos pelo menos 3 vezes ao longo do dia, alivia tensão e as dores nas costas. Movimentar o pescoço de um lado e de outro, pelo menos cerca de cinco vezes de cada lado é o ideal. Esse simples movimento já vai aliviar bastante a tensão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário