Informação de Qualidade para toda a população!

segunda-feira, 24 de maio de 2021

Aposentados do INSS podem multiplicar até 5 vezes o beneficio



Durante a concessão de uma aposentadoria, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode cometer alguns erros referentes ao cálculo do benefício, logo, o segurado precisa se atentar ao valor que recebe mensalmente. Logo, para estes segurados que identificarem erros nos valores recebidos podem entrar com pedido de ação judicial pedindo a revisão dos valores.

Dentre as possíveis revisões, temos a revisão da vida toda, que soma diversas vitórias no Judiciário e podem multiplicar as aposentadorias em até cinco vezes. A revisão permite que o segurado possa incluir os salários de contribuição anteriores a julho de 1994 na base de cálculo do benefício.

O segurado precisa avaliar os seus salários de contribuição anteriores a julho de 1994 para verificarem se essa modalidade de revisão é compatível e pode ser benéfica para a sua aposentadoria.

Como solicitar a revisão da vida toda

A solicitação da revisão da vida toda é feita por meio da justiça, logo será necessário contar com um advogado para representa-lo, além disso, o advogado conseguirá orientar sobre a viabilidade ou não da revisão no seu benefício.

A revisão da vida toda exige que o segurado tenha em mãos os seguintes documentos que também serão solicitados pelo advogado para averiguar a possibilidade da revisão a sua aposentadoria como também para iniciar a demanda no judiciário:

  1. RG;
  2. CPF;
  3. Carta de concessão do benefício;
  4. Histórico das remunerações e contribuições;
  5. Comprovante de residência;
  6. Requerimento (Protocolo do pedido de revisão junto ao INSS);
  7. Cálculo das diferenças;
  8. Procuração;
  9. Como solicitar o pedido:
  10. É preciso levar para análise o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS);
  11. Averiguar possíveis alterações na carteira;
  12. Separar os registros de contribuições com a previdência antes de 1994;
  13. Pegar as análises de carnês pagos.
  14. Se, a partir disso, for percebida vantajosa a solicitação, basta entrar nos aplicativos do INSS e enviar os documentos digitalmente.

Lembre-se que a avaliação para pedido da revisão da vida toda fica a cargo do segurado, além disso, é preciso que você solicite que seu advogado estude o seu caso e se a revisão vai lhe beneficiar ou não, afinal de contas, para algumas pessoas a revisão pode até reduzir o valor do benefício.

Nenhum comentário:

Postar um comentário