Informação de Qualidade para toda a população!

quarta-feira, 19 de maio de 2021

Google MUM vai mudar a forma como pesquisamos coisas na internet



O Google anunciou, nesta terça-feira (18), durante o evento Google I/O 2021, o MUM (Multitask Unified Model), uma evolução do tradicional buscador da empresa. A inteligência artificial consegue fornecer respostas mais elaboradas para questões que seriam pesquisadas em várias etapas.

De acordo com a gigante da tecnologia, o MUM responderá da maneira que “um especialista faria”. A plataforma é treinada em 75 idiomas e não apenas entende as línguas humanas, mas também consegue formular as palavras e frases.

Para exemplificar o uso do recurso, o Google simulou o questionamento de um aventureiro que escalou o Monte Adams e agora pretende subir o Monte Fuji.

MUM Google

“Visto que o MUM pode trazer à tona insights com base em seu profundo conhecimento do mundo, ele poderia destacar que, embora as duas montanhas tenham aproximadamente a mesma elevação, o outono é a estação das chuvas no Monte Fuji, então você pode precisar de uma jaqueta impermeável. O MUM também pode trazer à tona subtópicos úteis para uma exploração mais profunda - como os equipamentos mais cotados ou os melhores exercícios de treinamento”, explicou a companhia em um texto divulgado em seu site oficial.

Funcionalidades

O Google pontuou que a tecnologia, que utiliza a arquitetura Transformer, assim como o anunciado LaMDA, consegue realizar buscas e consultar fontes em idiomas diferentes do que o usuário está falando. Ou seja, ela pode achar e traduzir um artigo escrito em japonês para um usuário falante do inglês.

Outro aspecto bastante interessante da ferramenta é que ela não compreende somente o texto, mas também imagens. Com isso, é possível tirar uma foto de algo e perguntar informações sobre aquilo para a inteligência artificial.

No futuro, o MUM (cujo nomes inglês funciona como uma brincadeira com a palavra “mãe”) deverá ser habilitado para entender áudio e vídeo também. Apesar de apresentar hoje e dizer que a tecnologia é um "marco", o Google disse que continuará desenvolvendo a inovação e que por enquanto ela não deve estar disponível para o público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário