Informação de Qualidade para toda a população!

domingo, 16 de maio de 2021

Idoso de 102 anos comemora renovação da CNH no interior de SP: 'Gosto de dirigir'



Antonio Genz Parize, de 102 anos, é o mais velho morador de Avaré (SP) habilitado. O idoso comemorou nesta semana a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Algo tão comum para todo motorista, mas que para ele é uma conquista.

“Fiquei feliz. E gosto, sem dúvida, gosto muito de dirigir. Uso o carro todo dia para ir à ginástica, no Centro, depois vou ao banco, na feira, depois ando pela cidade e guardo o carro”, conta o idoso.

Vacinado contra a Covid, na quinta-feira (13) ele saiu da rotina e dirigiu o carro até o Poupatempo da cidade. A renovação da CNH pode ser feita online, mas no caso dele precisa ser presencialmente. (Veja o vídeo abaixo).

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, depois dos 65 anos, a renovação é feita de três em três anos, ou conforme a determinação médica. No caso de Antônio, a CNH vale até maio de 2022, quando o motorista deve fazer outro exame para mostrar que ainda pode dirigir.

O idoso, que tirou a primeira habilitação aos 47 anos, conta que está apto a pilotar moto também. Antônio diz que não sabe muito bem porquê demorou para tirar a carta, mas de uma coisa tem certeza: não pretende parar de dirigir tão cedo.

“Pra largar de dirigir vai ser difícil. Eu dirijo todo dia. Devagar, tomo cuidado, principalmente com as motos”, conta.

Aliás, o antigo Santana vinho é seu xodó. "Não quero vender não. Ainda mais agora, mandei dar uma revisão no motor, está ótimo. É grande, macio, confortável e fácil de dirigir. Os carros de hoje não são como ele”.

A Maria Lucia Soares da Silva, de 64 anos, que cuida do seu Antônio, conta que ele realmente tem um apego ao carro e que raramente deixa alguém dirigi-lo.

“Só quando ele não está muito bom, tem um amigo que pega o carro e leva ele onde precisa, mas ele não deixa não, gosta de sair sozinho e fazer as coisinhas dele. E ele também cuida do carro, quando chove, ele seca, sempre leva para fazer a manutenção, encera. É o xodó dele”, conta Maria Lucia.

Centenários no volante

De acordo com informações do Departamento Nacional de Trânsito, além de Antônio, há outros três condutores com 102 anos habilitados no Brasil, eles são dos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Também há três motoristas de 103 anos, nos estados de Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo. Três com 104 anos, em São Paulo, Goiás e Rio Grande do Sul.

Os mais antigos motoristas do Brasil são um condutor de 116 anos, no estado de São Paulo e outro, de 120, habilitado em Santa Catarina. O Denatran não tem informações se todos eles ainda dirigem de fato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário