Informação de Qualidade para toda a população!

terça-feira, 1 de junho de 2021

Menino de 7 anos salva o pai e a irmã após nadar por uma hora para buscar ajuda



Uma criança de sete anos conseguiu salvar o pai e a irmã ao buscar ajuda depois de nadar por uma hora. O menino chegou até a costa para pedir socorro, já que seus familiares estavam lutando contra a correnteza do rio St. Johns ma cidade norte-americana de Jacksonville.

Após o episódio, o pai do garoto, Steven Poust disse à afiliada da CNN WKXT, que  ancorou seu barco no rio para que seus dois filhos, Chase, 7 anos, e Abigail, 4, com objetivo de deixar as crianças nadarem na última sexta-feira (28).

Entretanto, o que era para ser um passeio calmo mudou depois que  Abigail, que nadava na parte de trás do barco, teve que se soltar por conta da corrente. Na sequência, Chase também se soltou para tentar salvar a irmã.

Ao ver a cena, Poust mergulhou para salvar os filhos e disse para Chase nadar até atingir a costa ao mesmo tempo em que tentava ajudar a filha usando um colete salva-vidas.

“Eu disse a ele que o amava porque não tinha certeza do que iria acontecer”, disse Poust.

“Tentei manter os dois. Eu estava exausto. Ela se afastou de mim dentro do rio”, completa.

Somente depois de uma hora nadando foi que Chase chegou à costa e buscou por ajuda. O mais impressionante foi o método utilizado pelo menino para conseguir pisar em terra firme, ele flutuou de costas ao longo do rio para não gastar e energia.

Para se ter uma ideia da distância, Chase pediu ajuda em uma casa próxima ao rio que fica a 3 km do local em que o pai e a irmão estavam, conforme divulgado pelo Departamento de Bombeiros e Resgate de Jacksonville (JFRD, na sigla em inglês).

O JFRD foi acionado e conseguir resgatar pai e filha que estavam lutando contra a correnteza.

“Tínhamos todos os recursos possíveis para vir rapidamente e estamos felizes em dizer que todos os três foram recuperados e estão bem”, disse ele. “Não podíamos ter um resultado melhor.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário